Lomadee

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Arábia Saudita proíbe venda de rosas para Dia dos Namorados

Arábia Saudita proíbe venda de rosas para Dia dos Namorados

A polícia religiosa da Arábia Saudita proibiu a venda de presentes para o Dia dos Namorados, inclusive rosas vermelhas, em todas as lojas da capital do país, Riad, de acordo com informações do jornal saudita Saudi Gazette.

O Dia dos Namorados é comemorado no dia 14 de fevereiro na maior parte dos países. No Brasil, a data é celebrada em 12 de junho.

O diário afirma que policiais sauditas visitaram o comércio de Riad no sábado e alertaram os comerciantes para remover das prateleiras os artigos vermelhos como rosas e embrulhos, cuja venda é comum antes do Dia dos Namorados.

Segundo o jornal, as autoridades sauditas consideram a data, assim como outras celebrações que não fazem parte do calendário muçulmano, uma comemoração incompatível com o islamismo.

De acordo com o Saudi Gazette, muitos sauditas viajam para localidades próximas como Dubai ou Barein para celebrar a data.

Mercado negro

O jornal afirma que o sábado foi o último dia em que a venda das rosas vermelhas ainda era permitida antes do Dia dos Namorados.

Segundo a reportagem, todos os anos os policiais visitam o comércio dias antes da data para emitir os alertas sobre a proibição.

A reportagem do Saudi Gazette afirma ainda que a proibição gera um mercado negro de rosas vermelhas no país, e o preço das flores aumenta em até seis vezes no dia da comemoração.

Segundo o jornal, algumas pessoas fazem pedidos de flores semanas antes do Dia dos Namorados para escapar das proibições.

"Em alguns casos, entregamos as flores no meio da noite ou cedo pela manhã para evitar suspeitas", disse um florista ao jornal.

As autoridades sauditas impõem uma legislação islâmica rígida, que regula de forma severa a sociabilidade das mulheres e a convivência com os homens.

Fonte: BBC

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

Mitos ou verdades?

Mitos ou verdades?

A sabedoria popular nem sempre tem base científica

Exercícios abrem o apetite
Mito. Pesquisa médica da Universidade Aberdeen, na Inglaterra, aponta que pessoas que praticam exercícios moderados ou mesmo intensos não têm ganho de apetite, diz o jornal The Times – mas, como isso virou lugar-comum, aproveita-se para comer mais.

Beber água emagrece
Verdade. A água enche o estômago e reduz o apetite. Na falta dela o fígado produz menos bile e a gordura deixa de ser queimada, diz estudo da Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos.

Beber café emagrece
Mito. Café pode enganar o estômago e acelerar o metabolismo – mas não a ponto de fazer diferença no peso. Muito café pode ainda causar insônia e ansiedade e aumentar a pressão sanguínea.

Não tomar café da manhã engorda
Verdade. Pular a refeição da manhã faz comer mais depois. Na rua, fast-food é a primeira opção, ainda mais entre adolescentes, diz estudo do The Miriam Hospital, nos Estados Unidos.

Comer à noite engorda
Mito. A digestão é a mesma à noite, de manhã ou à tarde, dizem especialistas do mesmo The Miriam Hospital. O problema é o hábito. Comer pipoca amanteigada e tomar sorvete vendo tevê antes de dormir vai criar, sim, barriga – mas não por causa do horário.

Fonte: A Semana